Micro Oiseau | free marketing and translation guides for micro entrepreneurs and startups

#3 Seja Visto: como desenvolver o seu plano de marketing

Se tem algo para vender, deve ser fácil vê-lo, encontrá-lo e interagir consigo.

Assim que definimos a nossa marca e que estabelecemos o nosso preço, precisamos de nos certificar de que o nosso negócio é visível, atrativo e acessível. Precisamos de um plano!

Um negócio sem marketing é um hobby, e os hobbies não pagam a renda. Então, o que fazemos agora?

Um bom marketing é um elemento muito importante de construir um negócio bem-sucedido, e eis uma ótima forma de começar…

Olhe para o marketing das diferentes empresas, tanto grandes como pequenas, cujos serviços usa. De que é que gosta? De que é que não gosta? Consegue perceber porquê?

Agora, olhe para a sua concorrência direta. Pessoas com o mesmo tipo de negócio que você, na sua área. Mais uma vez, de que é que gosta e não gosta no marketing da concorrência? Sabe porquê?

Independentemente do que a concorrência esteja a fazer, a sua missão é fazê-lo melhor.

Hoje em dia, o marketing bem-sucedido de qualquer produto ou serviço requer uma combinação de coisas. No caso de uma microempresa, esta combinação pode incluir:

Marketing impresso
  • Cartão de visita
  • Brochura
  • Folheto
  • Anúncio num jornal
  • Artigo numa revista
  • Comunicado de imprensa
Marketing online (ou digital)
  • Site pessoal
  • Redes sociais, por exemplo: YouTube, Twitter, Instagram, Facebook
  • Blogue
  • Site de “mercado”, por exemplo: eBay, Etsy, Amazon
  • Site numa plataforma profissional, por exemplo: LinkedIn ou filiação ou organização acreditada
De pessoa para pessoa
  • Através de passa-palavra
  • Contactos pessoais
  • Networking profissional

Os diferentes elementos que compõem o seu “marketing-mix” devem ser escolhidos com base na compreensão dos hábitos de compra dos clientes, portanto, há que investigar estes mesmos hábitos de compra. Quando identificar a forma como os clientes ouvem falardo tipo de produto que oferece, e onde e como podem comprá-lo, é hora de definir algumas metas, criar um plano e decidir o seu “marketing-mix”.

Defina as Suas Metas

A curto prazo, a médio prazo e a longo prazo. As suas metas mudarão à medida que desenvolve a sua empresa, mas, sem metas, não pode manter-se focado no que quer atingir, nem pode medir o seu sucesso.

Por exemplo, as suas metas a curto prazo podem ser:

Curto prazo: Conseguir um empréstimo comercial junto do meu banco ou começar um blogue.

Médio prazo: Conseguir dez clientes ao fim de seis meses ou comprar equipamento especial.

Longo prazo: Contratar cinco funcionários e abrir quatro outlets ao fim de três anos.

Ou, de forma mais simples, “Pagar as contas e dar a mim próprio o estilo de vida e liberdade que quero.”

Todas as pessoas terão metas e prazos diferentes, mas todos são importantes. Agora, para fazer um plano…

“Um objetivo sem um plano é apenas um desejo…” Antoine de Saint-Exupéry

Crie um plano para alcançar as suas metas

Pense no seu plano como uma série de degraus para alcançar a sua meta.

Se está a atravessar um rio profundo, sem alpondras, será difícil avançar, se não mesmo impossível. Por exemplo:

Trace um plano para alcançar a sua meta a curto prazo, que consiste em conseguir um empréstimo comercial:

    1. Obtenha aconselhamento do serviço local de apoio aos negócios
    2. Escreva o projeto de plano de negócios
    3. Agende uma marcação com o banco

Meta a médio prazo para conseguir dez clientes ao fim de seis meses:

    1. Investigue a publicidade e a concorrência local
    2. Investigue recursos de sites e apoio
    3. Comece a criar conteúdos e imagens para o anúncio ou site

Está a ver a ideia? Cada meta tem um plano anexado, com diferentes etapas incluídas. Alcançar as suas metas a curto, médio e longo prazo acontecerá em simultâneo, e muitas metas podem sobrepôr-se.

Construa o seu marketing-mix com vista a apoiar o seu plano e a atingir as suas metas

Use o plano para o manter no bom caminho.

Por exemplo, se dá aulas de yoga, o seu marketing-mix pode incluir:

Impresso:

  • Folhetos para espaços da comunidade local.
  • Anúncios no jornal e/ou revista de bem-estar locais.

Online:

  • Site
  • Página de Facebook
  • Canal de YouTube

Humano:

  • Encoraje o passa-palavra através de encontros com grupos locais de interesse
  • Quem são as pessoas que conhece e quem é que estas conhecem? Use as redes e contactos pessoais para passar a palavra

Ao criar qualquer tipo de marketing, lembre-se:

    1. As pessoas querem, antes de mais nada, saber quais serão as vantagens para si próprias.
    2. Deve refletir sobre o que o seu cliente quer ou de que é que precisa de saber, não sobre o que quer dizer-lhe (veja o ponto 1.)
    3. Certifique-se de que a sua marca (nome, logotipo, apresentação) é profissional, atrativa e consistente.
    4. Faça com que seja fácil encontrá-lo e contactá-lo.

Mais importante ainda, avalie regularmente o que está a fazer e, quando for necessário, altere o seu plano e o seu marketing-mix, mas não a sua meta.

Agora, vamos dar uma rápida vista de olhos no design e conteúdo;por outras palavras, no aspeto e no que diz o seu material de marketing.

Parte de construir a confiança com o cliente será escolher a linguagem e o tom de voz certos. Isto pode depender do que vende: serviços de cabeleireiro ou serviços legais, manutenção de carros ou design de moda. Escolha a linguagem e o tom de voz apropriados aos seus clientes. Isto fará com que estes se sintam à vontade. Examinaremos isto mais em pormenor no nosso guia Seja Persuasivo: como anunciar.

Se quer atrair clientes de países diferentes em línguas diferentes, dê uma vista de olhos nos nossos Guias de Tradução gratuitos e obtenha ajuda com a tradução. Os serviços de tradução de inteligência artificial, como o Google Translate, nunca serão tão bons, tão exatos nem tão precisos como os de um ser humano. Mais uma vez, tudo gira em torno da confiança. Certifique-se de que está a falar e a vender os seus produtos e serviços da forma mais autêntica e cativante possível, para o ajudar a cultivar a confiança e lealdade dos clientes.

Quando o assunto é desenhar um logotipo e quanto se trata do aspeto de um folheto ou site, também é importante acertar na “linguagem visual”. Isto aplica-se às imagens, cores e texto do design. Se não tem competências na área do design, procure ajuda profissional. Seja qual for o seu orçamento, maximize-o contratando a melhor ajuda profissional que puder. Se não puder gastar muito dinheiro, limite-se a MANTER TUDO SIMPLES.

Analise o design do texto abaixo. Evite quaisquer estilos como estes. Não são profissionais e nem sequer são legíveis!